sábado, 23 de outubro de 2010

Plano de Aula



O Plano de aula é um documento utilizado pelo professor para elaborar o seu dia letivo, para o registro de decisões do tipo: o que se pensa fazer, como fazer, quando fazer, com que fazer, como quem fazer.Na sua elaboração alguns pontos são muito importantes como:
Dados de identificação do professor e da escola;
Os objetivos a serem alcançados com as aulas que serão ministradas;
Conteúdo que será ministrado em cada aula;
Os procedimentos utilizados para aprendizagem dos alunos, ou seja, são as fases da aprendizagem;
Os recursos que serão utilizados para alcançar os objetivos;
E, por último, as metodologias de avaliação, ou seja, as técnicas avaliativas que o professor utilizará para avaliar o aprendizado do educando.

Cada classe possui uma personalidade, diferentes níveis de entendimento sobre certos assuntos, e alunos com dificuldades diversas. Sendo assim, o professor deve estar apto a formular um Plano de Aula satisfatório sempre que for necessário e nunca esquecer que um planejamento sempre será Flexível.

Estrutura do plano
O profissional usufrui de uma grande liberdade na hora de montar um plano de aula. Contudo, há certos itens básicos que devem ser observados e merecem ser seguidos.

1. Tema-Escolher o tema da aula. Pois é a partir dele que todo o plano será elaborado;
2. Objetivo-Definir o objetivo e as competências que deverão ser desenvolvidas nos alunos;
3. Justificativa-O motivo de se trabalhar determinado assunto;
4. Metodologias- Pesquisar os materiais que serão utilizados: livros, filmes, músicas, sites, sucata, tinta etc. Dependendo do nível da classe, uma bibliografia poderá auxiliar os alunos;
5. Estratégias- Criar estratégias de como e quando cada material e/ou as informações serão apresentadas ou utilizadas, para que o objetivo - no item 2 – seja alcançado com sucesso. A estratégia deve ser elaborada de forma a manter a atenção e a motivação dos alunos durante toda a aula. Provocar debates e questionamentos para o bom desenvolvimento do tema e, se possível, aproximar os alunos de forma prática e interativa ao que está sendo estudado;
6. Habilidades - O que o aluno deverá desenvolver/adquirir durante as aulas;
7. Avaliação- Forma como o aluno será avaliado pelo professor;
8. Bibliografia - Apostila ou livro onde se teve o embasamento para a aula.

A tarefa de professor não é nada fácil, pois exige dos mesmos muita dedicação, planejamento e estudo, pois tudo aquilo que é trabalhado em sala de aula merece ser revisto e bem preparado.
Para montar um plano de aula, o professor deve ir de encontro ao interesse de seus alunos, além dos conteúdos abordados nas séries, exigidos dentro dos Parâmetros Curriculares Nacionais, os PCNs.
Os Planos de Aula são úteis para todos os níveis – todas as idades – e sua prática deve fazer parte do dia-a-dia do professor.Através dessa preocupação e organização, com um trabalho bem elaborado, com certeza a aula se tornará mais agradável e rica, proporcionando maior envolvimento de todos, além dos ótimos resultados para a aprendizagem.

1 comentários:

DAYANE disse...

ótimo, parabéns!

Postar um comentário